Relatório dos mercados financeiros 14-11

Publicado em 14/11/2013

Imagem do Artigo Relatório dos mercados financeiros 14-11


MERCADOS: os principais índices de ações dos Estados Unidos fecharam com ganhos. O Dow Jones subiu 0,45%, atingindo os 15.822 pontos; o Nasdaq subiu 1,18%, chegando aos 3.966 pontos; enquanto o S&P 500 subia 0,81%, alcançando os 1.782 pontos.  

ECONOMIA: hoje, na Eurozona, foi publicado o dado de produção industrial de setembro. De acordo com o publicado, a produção aumentou 1,1% em termos anuais, por cima da cifra esperada (0%). Pelo contrário, a leitura mensal do índice reflete uma queda de 0,5% a respeito do aumento de 1,0% do mês anterior; enquanto os analistas estimavam uma leitura de -0,3% para o atual período.

GOVERNO: conforme publicado por The Wall Street Journal, o Banco Central Europeu não descarta a possibilidade de fixar taxas de juros negativas aos depósitos do sistema bancário na instituição, visando posicionar a inflação mais próxima da categoria alvo. Também, foi divulgado que inspetores da “troika”, o grupo formado pela Comissão Europeia, o Fundo Monetário Internacional e o Banco Central Europeu, avaliarão o estado do sistema bancário espanhol a partir de 2 de dezembro antes de finalizar o programa de ajuda financeira.

CORPORATIVO: a ação da Macys subiu 9,5%, a maior alta desde maio de 2011, depois de ter divulgado lucros do terceiro trimestre que ultrapassaram as estimações dos analistas. A ação da General Motors Co. subiu 4,7%, depois de o fabricante de automóveis, sediado em Detroit, ter dito que abrirá uma nova filial em Singapura para supervisionar os mercados, incluindo o sudeste da Ásia e da Índia.

PARA ONDE OLHAR? amanhã, nos Estados Unidos, serão publicados os pedidos de auxílio-desemprego, divulgado o relatório de produtividade e custos, bem como de comércio internacional. Enquanto a União Europeia publicará seu relatório inicial do PIB.


Deixe seu comentário