PREMISSAS PARA O GERENCIAMENTO DE RISCOS

Definição

Define-se como Gestão de Riscos o estabelecimento de políticas visando cumprir exigências e o arcabouço legal do órgão regulador e a adequação aos processos internos com a finalidade de mitigar riscos.

Risco Operacional – A AGK Corretora de Câmbio S/A realiza testes definidos nas políticas e matrizes de controles operacionais para mitigar os riscos da Corretora.

Risco de Mercado e Variação e Taxas – Adoção de procedimento de acompanhamento diário visando monitorar a flutuação da carteira com realização de testes de estresse.

Risco de Crédito – Avaliação diária dos saldos bancários e os dos emitentes (contrapartes) das aplicações financeiras, de moedas estrangeiras existentes em estoque e a liquidação da compra/venda de moeda estrangeira.

Risco de Liquidez – Diariamente o Gestor observa a capacidade de honrar compromissos da instituição junto aos credores, e em especial e folha de pagamento de funcionários e terceiros.

Risco Socioambiental – Adoção de políticas e procedimentos baseados em princípios de presteza e cortesia, tratamento digno e respeitoso, segurança e qualidade de vida no trabalho. Apoiar iniciativas externas de entidades vinculadas a preservação dos recursos naturais e educacionais. Atuar com responsabilidade social, agindo com transparência, ética e moral em todas as atividades praticadas, objetivando o desenvolvimento sustentável econômico.