AGK ESTÁ ENTRE AS 5 CORRETORAS QUE VENDERAM O DOLAR COM O MENOR PREÇO MÉDIO NO MÊS PASSADO

Publicado em 25/06/2013

Imagem do Artigo AGK ESTÁ ENTRE AS 5 CORRETORAS QUE VENDERAM O DOLAR COM O MENOR PREÇO MÉDIO NO MÊS PASSADO

AGK , do seu lado quando você mais precisa!


Forte alta do dólar reduz em até 50% movimento em casas de câmbio


A escalada do dólar, que acumula alta de 4% desde o dia 22 de maio — de R$ 2,05 para R$ 2,14 —, tem deixado o turista apreensivo para comprar a moeda americana, segundo levantamento feito pelo GLOBO em corretoras de Rio e São Paulo. A percepção dos operadores de câmbio é que apenas quem programou a viagem com antecedência, mas não garantiu o dinheiro para gastar no passeio com antecedência, enfrenta o alto patamar atual da moeda americana. A boa notícia é que, para atrair os viajantes casas de câmbio, já começam a oferecer promoções e mais flexibilidade na negociação do preço de venda.



BC lança ranking do custo de câmbio das financeiras e a AGK fica entre as 5 com menor preço de venda.

Para quem procura a melhor cotação, o Banco Central lançou nesta segunda-feira um ranking mensal das instituições financeiras com o custo de cada uma nas operações de câmbio. Como bancos, corretoras e distribuidoras são livres para estabelecer o preço das moedas, a lista serve como um guia para turistas.
No ranking de maio, a instituição que vendeu dólar mais barato, em cartões pré-pago, por exemplo, foi a distribuidora Ebadival. Cobrou, em média, R$ 2,089. Na sequência, aparecem as corretoras Dourada, Intercam, AGK e Decyseo. O Banco do Brasil foi a instituição que cobrou mais caro: R$ 2,365.
Em operações com cédulas, o ranking do BC mostra as corretoras Intercam, Dourada, Hoya, Fourtrade e Pioneer no topo da lista. Os valores médios variaram de R$ 2,093 a R$ 2,118. No fim do ranking ficou o Bradesco, que conquistou a última posição por cobrar R$ 2,413 por dólar. O número considera a cotação, as taxas cobradas, o imposto e as tarifas. O sistema está disponível no site do BC.

Fonte:-O GLOBO
Leia mais sobre esse assunto


Deixe seu comentário